Séries Repaginando Klimt

Em voga, Klimt passeia no imaginário da artista Kézia Talisin. A recente produção repagina trabalhos já criados e os recria, o que a inspira também na produção de novos bidimensionais de grandes proporções e políptico que traduzem a icônica Árvore da Vida do artista austríaco Gustav Klimt (1862-1918) que se consagrou na arte decorativa, simbolista e nos retratos femininos através de uma pintura ornamental do estilo art noveau.

Tanto na nova produção, como nas repaginadas, figura a árvore da vida, que atua como protagonista na expressão da artista, porém com diversificada ambientação de fundo, onde a sustentabilidade se faz presente através da pluralidade de materiais ditos “descartáveis” que Kézia Talisin incitou em seus trabalhos.

Tecidos, pastilhas, pequenas gemas em vidro, e literalmente cacos e alguns utilitários em porcelana, compõem vestígios de arte musiva e o início do gestual contemporâneo em assemblage, interagindo com a plástica de seu pantone e figurando ora em último plano, ora em primeiro, enriquecendo assim, o palco pictórico para suas árvores que crescem em arabescos, os quais caracterizam sua assinatura artística.

Esta paixão Klimtiana da artista sugere como objetivo principal a apreciação do público para com uma arte ornamental, decorativa, colorida, rica em elementos e em total harmonia e consciência sócio-ambiental. A artista não só assina sua ilimitada série em arabescos como também empresaria e comercializa diversos produtos e acessórios fashion exclusivos, que fortalecem sua paixão pela arte decorativa.

Eloir Amaro Junior
Artista Plástico / Curador

Azulejaria Klimtiana II
Azulejaria Klimtiana II

Azulejaria Klimtiana I
Azulejaria Klimtiana I

Árvore Klimtiana
Árvore Klimtiana

Árvore Klimtiana Pratinhos
Árvore Klimtiana Pratinhos

Árvore Klimtiana pastilhas
Árvore Klimtiana pastilhas

Árvore Klimtiana gigante
Árvore Klimtiana gigante

Àrvore Klimtiana Cacos
Àrvore Klimtiana Cacos

Página 1 de 11